Heleno afirma que também espera resposta sobre facada em Bolsonaro

General foi questionado sobre a prisão dos acusados de matar Marielle.

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, afirmou, nesta terça-feira (12), que “não sabe avaliar” a “qualidade” da prisão de suspeitos de envolvimento nos assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e do motorista Anderson Gomes.

De acordo com o blog da Andreia Sadi, do portal G1, ao ser questionado sobre qual era a sua avaliação a respeito das prisões, o ministro disse que não tem dados suficientes para comentar, e que vai aguardar a repercussão das prisões nas investigações.

Sobre se considerava positiva alguma resposta sobre o crime, um ano depois, o ministro respondeu: “Todos nós estamos esperando uma resposta, não só deste caso, como da facada em Jair Bolsonaro”.

O ministro se referiu ao atentado contra o presidente Bolsonaro, durante a campanha eleitoral, em setembro de 2018. Bahia.ba

Deixe uma resposta